Comece o ano novo num tom positivo – agradeça

Comece o ano novo num tom positivo – agradeça

O ano que se avizinha terá os inevitáveis altos e baixos mas, enquanto líder, pode garantir um começo auspicioso ao dizer simplesmente “obrigado” a todas as pessoas que fazem a diferença para si e para a sua empresa.

Peter Economy          

Enquanto nos preparamos para entrar num novo ano, é importante reservar um tempo para pensar nas pessoas que fazem a diferença nas nossas vidas e nos nossos negócios, de estarmos gratos pelos papéis que desempenham, e de dizermos o quanto as valorizamos. Expressarmos a nossa gratidão demora apenas um minuto (muitas vezes menos), e o impacto pode ser duradouro e poderoso. Assim, e para iniciar 2017 de forma positiva (que até pode ser feita através de um agradecimento escrito à mão) certifique-se de reconhecer sete grupos importantes:

1. Colaboradores
Lembre-se sempre que são os seus funcionários que fazem ou quebram o seu negócio, e que a sua empresa só pode ser tão boa quanto eles são. Seja grato aos seus colaboradores. Dedique regularmente algum tempo do seu dia agitado para lhes agradecer pelo bom trabalho desenvolvido. Pode seguir o exemplo do CEO da americana Paragon Steakhouse, que tem uma pilha de blocos na secretária para escrever notas pessoais de agradecimento aos funcionários no final de cada dia de trabalho.

2. Clientes
Sem clientes não tem empresa. Claro que às vezes podem ser exigentes, irracionais e difíceis de lidar com, mas, para o seu negócio crescer e prosperar, precisa deles (talvez mais do que eles precisam de si). Seja grato pelos seus clientes, e certifique-se que sabem que se importa com eles. Por exemplo, os hotéis DoubleTree oferecem bolachas com pedacinhos de chocolate acabadas de fazer no check-in (são 60 mil por dia), o que acaba por ser uma maneira de a empresa mostrar que se preocupa com os clientes.

3. Fornecedores
É fácil esquecer-se de agradecer aos fornecedores e outros parceiros comerciais que o abastecem com os materiais e serviços necessários à sua empresa para operar. Mas eles são uma parte vital e de longo prazo na sua capacidade para servir os seus clientes, e deve estar grato por os ter na sua equipa. Uma empresa que vende mobiliário, da Carolina do Sul, nos EUA, organiza todos os anos um Dia de Valorização do Fornecedor, onde os representantes de mais de 30 fornecedores têm direito a pequeno-almoço, almoço e cocktails, prémios de hora a hora, entre outros atrativos.

4. Colegas
Os seus colegas são as pessoas a quem recorre quando tem dúvidas sobre como algo funciona, qual a melhor forma de levar a cabo determinada política ou procedimento da empresa, como fazer uma ligação com um membro de um negócio ou com outras redes, e muito mais. Um funcionário da empresa de relações públicas Davies Murphy Group, com sede em Massachusetts, EUA, convidou os restantes dez membros da equipa a participar numa reunião de negócios, que acabou por ser um almoço num restaurante local oferecido pelo próprio.

5. Mentores
Muitos de nós têm mentores no trabalho: as pessoas que nos mostram como tudo funciona à medida que nos acostumamos à nova organização ou que vamos avançando na hierarquia. Pode agradecer aos seus mentores com uma nota escrita à mão, por exemplo.

6. Comunidade
As empresas tornam-se parte integrante das comunidades nas quais fazem negócios: contratam as pessoas locais, contribuem para os impostos, tornam-se motivo de orgulho da região, e muito mais. Mostre gratidão para com a sua comunidade com frequência, da maneira que puder. Angela Massaro-Fain, presidente da Grapevine Communications, na Florida, proporciona às organizações locais sem fins lucrativos serviços gratuitos de design estratégico, marketing e relações públicas, em vez de passar cheques.

7. Amigos e familiares
São o derradeiro bottom line: a família e os amigos que nos amam e apoiam nos bons e maus momentos. É por eles que trabalhamos com afinco para ter sucesso. Mostre a sua gratidão todos os dias ao estar lá/presente para eles, tendo tempo para os ouvir, dar-lhes um abraço caloroso, e dizer que os ama e aprecia. Lembre-se de passar tempo de qualidade com a família e amigos. Como diz o velho ditado, ninguém no seu leito de morte diz que desejava ter passado mais tempo no trabalho.

30-12-2016

Fonte: Inc.com


PeterEconomyPeter Economy, autor de best sellers como “Gestão para Totós” ou a “A Bíblia da Gestão”, entre outras 75 obras, foi associate editor da publicação “Leader to Leader” durante mais de dez anos, tendo trabalhado em projetos com nomes como Jim Collins, Frances Hesselbein ou Marshall Goldsmith.