5 Bilionários que começaram do zero: Schultz, DeJoria, Oprah, Larry Ellison e Shahid Khan

5 Bilionários que começaram do zero: Schultz, DeJoria, Oprah, Larry Ellison e Shahid Khan

Muito se tem falado dos bilionários, da lista dos mais ricos do mundo, de quem tem o quê e se tem especulado sobre a origem de tais fortunas. Mas se umas são herdadas, outras são criadas a pulso, às custas de visão, aceitar o risco e muito trabalho árduo.

Kathryn Dill, editora da Forbes, escreveu recentemente sobre a caminhada de cinco destes bilionários, nomeadamente sobre Howard Schultz (Starbucks), John Paul DeJoria (da John Paul Mitchell Systems e da Patron Spirits), Oprah Winfrey (The Oprah Winfrey Network  e Oprah Winfrey Leadership Academy), Larry Ellison (Oracle) e Shahid Khan (Flex-N-Gate).

Howard Schultz cresceu nos bairros de Brooklyn nos EUA. John Paul DeJoria vendeu champô enquanto vivia no seu carro. O primeiro público da Oprah foi a paróquia da avó no Mississippi rural. Hoje são todos bilionários, pessoas que cresceram com grandes dificuldades e que têm hoje fortunas de 10 dígitos.

Um dos bilionários da Lista Forbes 400 de 2013, o número 273 classifica-se como “feito por ele mesmo”. O facto que quase ¾ dos indivíduos apresentados na lista deste ano terem começado as suas vidas em circunstâncias totalmente diferentes das que ocupam agora, poderá ser um testemunho da possibilidade e do acesso ao concretizar do maior sonho.

Mas quem é um bilionário “feito por ele mesmo”? Kathryn Dill aponta os cujas fortunas foram construídas e não herdadas e cujas experiências individuais divergem muito.

Dill refere que “muitos dos 400 bilionários apresentados pela Forbes frequentaram escolas da Ivy League, tendo lançado rapidamente as suas carreiras e avançado na escalada dos salários elevados. Os sucessos destes, ainda que alcançado com dificuldade, foram amplificados pela educação privilegiada que tiveram.  

No entanto, muitas histórias de pessoas que se “fizeram a elas mesmas” começam do zero e são estas que nos mostram a ingenuidade e a perseverança necessária para chegar aos Forbes 400.”

oprah-winfrey-bilionariaOprah Winfrey é um símbolo das pessoas que se fizeram a elas mesmas. Se não acha impressionante o facto de ter tido o melhor talk-show na história da TV, ou ter criado um canal de televisão com o seu nome, ou ter doado mais de 100 milhões de dólares para fundar e financiar uma escola para meninas na África do Sul, então considere o facto de ela ter feito isto tudo mesmo tendo nascido na pobreza, com uma mãe adolescente que trabalhava como escrava doméstica. Durante a infância andou de cidade em cidade, passou de um membro familiar para outro e usava jardineiras feitas de sacos de batatas, uma experiência que fez com que as roupas que agora usa lhe pareçam um luxo.

Larry-Ellison-OracleLarry Ellison, fundador da Oracle, tem cinco casas, uma ilha no Havai, uma coleção de arte japonesa e está empenhado em ganhar a segunda corrida de iates para a America’s Cup. Quando foi diagnosticado com pneumonia aos nove meses de vida, a sua mãe solteira sabia que não conseguiria sustentar a criança e deu-a a uma tia para que ela e o marido a criassem. Larry apenas voltou a ver a sua mãe biológica aos 48 anos.


John Paul DeJoriaAlguns dos “feitos por eles mesmos” têm o cuidado de falar do lado positivo dos seus desafios iniciais. John Paul DeJoria, cofundador da John Paul Mitchell Systems e da Patron Spirits, cresceu em Los Angeles, onde a sua mãe chegou uma vez a casa do trabalho e lhe disse e ao irmão que tinham apenas 27 cêntimos para partilhar entre eles. Mas esta acrescentou que “temos comida no frigorífico, temos uma pequena horta nas traseiras, somos felizes, portanto somos ricos.” DeJoria viveu no seu carro enquanto lançava a sua carreira nos produtos para o cabelo, vendendo produtos de porta a porta. Agora é dono de um jet privado e de uma carruagem de comboio vintage restaurada e contribui generosamente para organizações que combatem a obesidade através de jardins comunitários. 

Howard-SchultzHoward Schultz, líder da Starbucks, cresceu no bairro de Canarsie Bayview, em Brooklyn, e fala com carrinho da comunidade onde se destacou no desporto, ao mesmo tempo que trabalhava com famílias pobres como a dele. A sua família teve muitas dificuldades após o seu pai ter perdido o emprego, após uma lesão no joelho, uma experiência que Schultz diz ter inspirado as políticas de emprego e benefícios que ele mesmo implementou na Starbucks.


Shahid KhanShahid Khan, dono da Flex-N-Gate, uma das maiores empresas privadas dos EUA, veio para o país com 16 anos e passou a sua primeira noite num YMCA (Young Man's Christian Association), onde o jovem de 16 anos ficou chocado com o preço de 3 dólares por noite. Trabalhou a lavar louça, onde ganhava 1,20 dólares por hora (uma quantia que ele dizia que era mais do que 99% da população no Paquistão da altura), ao mesmo tempo que frequentava a Universidade do Illinois. Khan é agora dono dos Jacksonville Jaguars da NFL e dono do Fulham da Premier League.


Posições na lista dos Top 400 bilionários da Forbes:

#3 Larry Ellison
ANTES: Dado para adoção depois de ter tido pneumonia aos nove meses, Ellison não voltou a ver a sua mãe biológica até aos 48 anos. 

AGORA: O fundador da Oracle tem pelo menos cinco casas, uma grande coleção de arte japonesa e a ilha de Lanai no Havai. Gastou já mais de 100 milhões de dólares nas corridas de iates da America’ Cup e este ano voltou a participar.

#110 John Paul DeJoria
ANTES: Cresceu em Echo Park em Los Angeles. A mãe de DeJoria disse-lhe uma vez a ele e ao irmão que tinham apenas 27 cêntimos para partilhar entre eles, mas que com comida no frigorífico, uma pequena horta nas traseiras e felicidade, eram ricos. Após ter cofundado a John Paul Mitchell Systems em 1980, DeJoria viveu no seu carro enquanto vendia produtos de porta a porta.

AGORA: Os seus brinquedos incluem um jet privado, uma carruagem de comboio com três cabines, uma suite principal e uma sala de jantar, que custa 10 000 dólares por mês para manter e com custos de pessoal.

#122 Shahid Khan
ANTES: Khan chegou aos EUA do Paquistão para frequentar a Universidade do Illinois, ao mesmo tempo que trabalhava a lavar louça, onde ganhava 1, 20 dólares por hora.

AGORA: É dono da Flex-N-Gate, uma das maiores empresas privadas nos EUA, dos Jacksonville Jaguars da NFL e do Fulham da Premier League.

#184 Oprah Winfrey
ANTES: Nascida a uma mãe adolescente solteira no Mississippi, Winfrey passou os primeiros seis anos da sua vida com a avó na pobreza rural, tendo depois andado de cidade em cidade e passado por vários membros da família. Fugiu de casa na adolescência para escapar à violência e ao abuso sexual.

AGORA: A antiga apresentadora do melhor talk-show da história da televisão americana, é dona de uma propriedade no Havai e tem um palácio perto de Santa Bárbara. Oprah gastou 100 milhões de dólares para apoiar a Oprah Winfrey Leadership Academy, uma escola para meninas na África do Sul.

#273 Howard Schultz
ANTES: Filho de um camionista, Schultz cresceu no bairro de Canarsie Bayview, em Brooklyn. A família ficou sem recursos depois de o pai perder o emprego devido a uma lesão no joelho. Ao ser o primeiro na família a licenciar-se, Schultz disse que a mãe tinha chorado quando ele se juntou à Starbucks e que perguntou “Quem é que vai comprar café?”

AGORA: Como CEO da Starbucks, Schultz é defensor da igualdade de casamento. Ao liderar um boicote executivo de contribuições políticas em resposta àquilo que chama de governo federal disfuncional, teve uma chamada do Presidente Obama.


Fonte: Forbes


Kathryn DillKathryn Dill começou como jornalista nos escritórios das Nações Unidas em Genebra, Suíça, tendo passado posteriormente para o Chicago Tribune. Os seus artigos foram publicados no Chicago Daily Herald, na National Geographic Intelligent Travel e no Inc.com. Atualmente é editora na Forbes e encontra-se na em mestrado na NYU Business and Economic Reporting.