Líderes do futuro – os melhores países para a sua carreira levantar voo

Líderes do futuro – os melhores países para a sua carreira levantar voo

São várias as nações que proporcionam excelentes oportunidades a quem, no início do percurso profissional, considera trabalhar no exterior, de acordo com um estudo americano.

Embora possa parecer difícil conseguir arranjar um bom emprego logo após a saída da faculdade, os trabalhadores com formação superior são bastante procurados um pouco por todo o mundo. O mercado de trabalho está ansioso por trabalhadores com elevadas qualificações, sendo que, em 2020, haverá um vazio por preencher na economia global na ordem dos 38 milhões a 40 milhões de trabalhadores com formação superior, de acordo com previsões do McKinsey Global Institute

Com esta ideia em mente, o U.S. News & World Report compilou, em parceria com a consultora em estratégia de marca BAV e a Wharton School, uma lista dos países com as melhores condições para iniciar carreira, destacando os locais com economias robustas e que podem empregar trabalhadores no âmbito do seu nível de competências. A pesquisa analisou a forma como quase 6.000 Millennials (adultos com menos de 35 anos) pontuaram as nações com base em sete critérios: mercado de trabalho, estabilidade económica, ambiente empresarial, remuneração igualitária, inovação, progressão, e se consideravam viver no local. Cada métrica foi pesada e ponderada para determinar a pontuação geral de cada país. A análise chegou à conclusão de que, para os recém formados que equacionam trabalhar no exterior no início do percurso profissional, são várias as nações que proporcionam excelentes oportunidades para a construção da carreira. E o primeiro lugar foi para… a China, seguida da Alemanha e dos EUA. Este é o pódio. Apresentamos a lista dos 15 melhores países para iniciar o trajeto profissional no exterior:

15. França
Capital: Paris
PIB: 2,5 triliões de euros
População: 66,2 milhões

14. Austrália
Capital: Canberra
PIB: 1,4 triliões de euros
População: 23,5 milhões 

13. Singapura
Capital: Singapura
PIB: 266 mil milhões de euros
População: 5,5 milhões 

12. Dinamarca
Capital: Copenhaga
PIB: 300 mil milhões de euros
População: 5,6 milhões 

11. Holanda
Capital: Amesterdão
PIB: 761 mil milhões de euros
População: 16,9 milhões 

10. Arábia Saudita
Capital: Riade
PIB: 578 mil milhões de euros
População: 30,9 milhões 

9. Rússia
Capital: Moscovo
PIB: 1,9 triliões de euros
População: 143,8 milhões 

8. Suécia
Capital: Estocolmo
PIB: 517 mil milhões de euros
População: 9,7 milhões 

7. Coreia do Sul
Capital: Seul
PIB: 1,2 triliões de euros
População: 50,4 milhões 

6. Japão
Capital: Tóquio
PIB: 4,4 triliões de euros
População: 127,1 milhões 

5. Canadá
Capital: Otava
PIB: 1,6 triliões de euros
População: 35,5 milhões 

4. Reino Unido
Capital: Londres
PIB: 2,4 triliões de euros
População: 64,5 milhões 

3. EUA
Capital: Washington
PIB: 15 triliões de euros
População: 318,9 milhões 

2. Alemanha
Capital: Berlim
PIB: 3,3 triliões de euros
População: 80,9 milhões 

1. China
Capital: Pequim
PIB: 8,2 triliões de euros
População: 1,4 mil milhões

23-05-2016

Fonte: Fórum Económico Mundial


Portal da Liderança