Lições de Gestão de um ex-Patrão da Máfia: A história real do mais bem-sucedido gangster desde Al Capone

Lições de Gestão de um ex-Patrão da Máfia: A história real do mais bem-sucedido gangster desde Al Capone

Livro

TítuloLições de Gestão de um ex-Patrão da Máfia: A história real do mais bem-sucedido gangster americano desde Al Capone
Autor: Michael Franzese
Edição: Março, 2010
Páginas: 143
Editor: Lua de Papel

"Quem quer que menospreze a excelência da máfia em termos de engenho, capacidade de ligação com pessoas de todos os estratos sociais e margens de lucro substanciais, está pura e simplesmente a iludir-se. “ – Michael Franzese


Sinopse

Michael Franzese, o mais jovem mafioso na lista de "patrões da Máfia" da revista Fortune era, aos 24 anos, uma estrela em ascensão, cujos negócios geravam perto de 8 milhões de dólares por dia. Baptizado de "yuppie Don" pelos  Jornais, a Vanity Fair chamou-lhe "a maior máquina de fazer dinheiro com o crime organizado desde Al Capone". Chegou inclusive ao cinema, retratado por Scorsese em Tudo Bons Rapazes. Pertencia a uma nova geração da Máfia, tendo funções semelhantes às do moderno CEO. Geria uma complexa rede de negócios - da produção de filmes às gasolineiras - e lidava com centenas de funcionários, uma agenda repleta de reuniões de quadros, contabilistas, bancos e interesses na Bolsa. 
Gestor genial, com faro lendário para os negócios, o autor - que se entregou ao FBI e já cumpriu pena - revela neste livro os segredos da Máfia que podem ser aplicados num quadro empresarial legítimo. Mostra-nos como constituir uma equipa, como escolher o melhor consigliere, disseca os mais eficazes modelos de gestão. E, claro, explica-nos como fazer uma proposta que ninguém pode recusar… 
Lições de Gestão de Um Ex-patrão da Máfia revela aos leitores como ter sucesso num mundo onde a concorrência é cada vez mais brutal.


Sobre o autor
 

michael-franzeseMichael Franzese nasceu em 1951 em Brooklyn e é filho de um famoso capo da Máfia, John "Sonny" Franzese. Ainda muito novo abandonou os estudo e começou a trabalhar para a família Colombo - uma das cinco que dominavam o crime organizado em Nova Iorque. Graças ao seu faro para os negócios, ascendeu rapidamente a caporegime (capitão) da família. Embora tivesse intervenção em vários negócios, como os das casas de apostas ou concessionárias de automóveis, foi com a venda ilegal de gasolina que se tornou uma estrela dentro e fora da Máfia. Em 1986, durante a produção de um filme, conheceu Camille Garcia, uma dançarina de Los Angeles, e apaixonou-se. Começou aí a sua conversão. Acossado pelas autoridades (a força de intervenção que o caçava reunia elementos de 14 agências governamentais), entregou-se às autoridades, foi julgado, condenado e preso. Recusou-se porém a requerer o estatuto de arrependido e nunca aceitou ser colocado num programa de proteção de testemunhas. Preferiu cumprir a pena e, ainda na prisão, escreveu dois livros autobiográficos. Atualmente em liberdade, é consultor de empresas e universidades, gere uma fundação de apoio aos jovens e é presença assídua em programas televisivos. Segundo o próprio admitiu, apesar de ter renunciado ao juramento de sangue, a Máfia não o esqueceu - e há ainda um contrato em seu nome...


Entrevista


Opinião do Portal da Liderança

À semelhança do mafioso, o objetivo do seu plano de gestão é retirar tanto dinheiro quanto possível dos bolsos dos seus clientes e guardá-lo nos seus.”

Michael Franzese, ex-chefe da Máfia que conseguiu, até ao momento, deixar a atividade e continuar vivo, sendo comparado pela Vanity Fair com Al Capone e tendo sido integrado pela Forbes aos 35 anos na lista dos 20 mafiosos mais ricos e influentes de Nova Iorque. Franzese presenta neste livro as lições que aprendeu ao tornar-se extremamente bem-sucedido, faturando semanalmente entre 6 e 8 milhões de dólares, que podem ser aplicadas na sua liderança e na sua organização legal, de forma a conseguir torna-la mais produtiva. 

Trata-se de um ponto de vista diferente do habitual e com base em negócios completamente ilegais e nem sempre bem explicados, mas que, numa linguagem muito própria, lhe trarão lições de relevo a vários níveis da liderança, a de si mesmo, dos seus colaboradores e do destino da organização que lidera.

Algumas citações:

Uma boa equipa é a melhor prova de que somos inteligentes e competentes, além de ser uma grande vantagem na concretização do nosso plano.”

“Enervar-se, tentando microgerir cada pormenor ínfimo do seu negócio, e ficar num estado de frenesim contínuo vai impedi-lo de alcançar o êxito que procura obter.”

“A lista de empresários abastados que morreram na miséria e sem amigos ou familiares a seu lado é extensa. Garanta que não vai engrossar as fileiras.”

“A integridade não é algo que vamos simplesmente buscar à gaveta quando nos interessa, e que voltamos a guardar quando já não faz falta.”

“O fracasso não é cair; é continuar em baixo.”


Conteúdo:

Cap. 1: Mafiar o negócio
Cap. 2: Primeiro, aprender o essencial
Cap. 3: Em seguida, cuidado com a armadilha de Maquiavel
Cap. 4: Use a solução de Salomão
Cap. 5: Lidere com o cérebro, não com a boca
Cap. 6: Mestre na arte da negociação
Cap. 7: Cuidado com os apostadores
Cap. 8: Aprenda com os fracassos
Cap. 9: Seja honesto
Cap. 10: Escolha o seu filósofo: Maquiavel ou Salomão?
Cap. 11: Fique com a ideia certa acerca do êxito