Como os empreendedores bem-sucedidos passam os fins de semana

Como os empreendedores bem-sucedidos passam os fins de semana

(E quem diz fins de semana, diz épocas festivas, mini-férias…). 

Os empreendedores de sucesso têm paixão pelo que fazem, pelo que trabalhar de forma árdua faz parte do seu ADN. Mas qualquer pessoa bem-sucedida reconhece que a vida e o trabalho são uma maratona e não um sprint. Assim, também os empreendedores precisam de tempo de inatividade ao fim de semana para garantir que, de segunda a sexta-feira, estão à altura da tarefa de serem criativos solucionadores de problemas e inovadores.
Claro que passam algum tempo de volta do trabalho administrativo. E podem despender tempo num grande projeto que precisa de atenção especial. E, definitivamente, devem dedicar tempo a pensar sobre o futuro e a olhar para o quadro geral. Mas o que os empreendedores de sucesso não fazem é passar o fim de semana inteiro atolados em trabalho. Todos precisamos de uma pausa, e os empreendedores não são menos imunes ao burnout que qualquer outra pessoa. Os seus fins de semana são passados a restaurar corpo e mente, preparando-se para, na segunda-feira, funcionar em modo de excelência.
Assim, há nove aspetos que os empreendedores bem-sucedidos não descuram ao fim de semana para relaxar e se reenergizar para a semana seguinte, de acordo com Deep Patel (autor de “A Paperboy’s Fable: The 11 Principles of Success”) num artigo na Entrepreneur.com.

1. Acordar mais ou menos à mesma hora
Os empreendedores de sucesso percebem que permanecer no caminho certo para a semana seguinte significa manter os mesmos padrões de sono, mesmo ao fim de semana. O que significa ir para a cama e acordar mais ou menos à mesma hora que durante a semana. Assim o ritmo circadiano mantém-se consistente, e o corpo sabe naturalmente quando é hora de dormir e de acordar.
Por mais tentador que seja ficar a manhã na cama, tal pode perturbar o ciclo de sono, baralhando os padrões de sono, levando a uma péssima noite de descanso. Por norma, devemos dormir sete a oito horas todas as noites para evitar um déficit de sono. Além disso, levantar cedo significa que estaremos prontos para o que o dia nos trouxer e que teremos tempo para realizar tudo aquilo que tencionamos fazer.

2. Passar tempo de qualidade com os entes queridos
É normal os dias da semana serem agitados e repletos de obrigações. Há grande probabilidade de termos passado mais tempo em frente ao computador (e com os colegas de trabalho) do que com as pessoas mais importantes da nossa vida. Certifique-se de que está a cuidar dos relacionamentos de qualidade, tornando-os uma prioridade aos fins de semana.
Saia à noite com o seu companheiro/a. Faça uma longa caminhada ou desfrute de um almoço descontraído com um amigo. Certifique-se que está a construir e a manter os relacionamentos ao ouvir realmente as pessoas de quem gosta. Partilhe com elas o que pensa e como se sente. O apoio que sente e a ligação que tem com os outros vão dar-lhe resiliência e força para suportar os momentos mais stressantes. 

3. Dedicar-se a uma paixão
Há algum hobby ou atividade que anda para experimentar, mas nunca teve tempo? Destine algum tempo do seu fim de semana para se dedicar a uma paixão que esteja fora do âmbito de trabalho e para além das obrigações normais do dia a dia. Talvez sempre tenha querido aprender a pintar, a fazer fotografia ou até escrever um romance.Quer seja um passatempo ao qual não se dedica há muito tempo ou um tipo trabalho que o apaixona e que gostava de experimentar, pare de dizer que vai lá chegar “um dia”. Reserve uma manhã ou uma tarde num fim de semana tranquilo e faça acontecer. Dedicarmo-nos a interesses além do trabalho melhora a nossa saúde mental e reduz os níveis de stress. Além de que concentrarmo-nos em atividades fora do emprego melhora a nossa criatividade e dá-nos a possibilidade de olhar a vida com uma nova perspetiva.

4. Encontrar tempo para uma mini-aventura
Os fins de semana dão-nos a oportunidade de desligar, de colocar de lado as responsabilidades diárias e de nos divertirmos. Solte-se e saia da rotina, embarcando numa miniaventura. Saia de casa e opte por uma mudança de cenário.Uma miniaventura significa ficar por perto, pelo que ir escalar uma montanha a horas de distância pode ser um pouco demais, mas ir acampar numa região próxima ou ir fazer uma caminhada é exequível. Pode passar uma tarde na praia ou levar a bicicleta para um passeio. A ideia é sair de casa e construir recordações que façam sorrir o resto da semana.

5. Abastecer a mente criativa
Os empreendedores de sucesso certificam-se de que arranjam tempo para alimentar as suas mentes criativas ao encontrar formas de se manterem em contacto com tudo o que é artístico. Não é preciso ser um especialista para aproveitar os benefícios da arte. Basta visitar um museu local ou dedicar algum tempo a ouvir música, por exemplo. Ver arte pode funcionar como umas miniférias para a mente. Ativa áreas do cérebro que estão envolvidas no processamento das emoções e no envolvimento dos sistemas de prazer e de recompensa. Ouvir música pode ter um efeito ainda mais duradouro – a música estimula mais partes do cérebro do que qualquer outra função humana.

6. Relaxar, refletir e renovar
Os empreendedores experientes aprenderam que precisam de ter tempo e espaço para descomprimir e meditar sobre os eventos, problemas ou dilemas que enfrentam. Ao darmo-nos tempo para a autorreflexão estamos a fazer ligações e a construir um significado a partir das nossas experiências. A reflexão é uma das principais formas de obtermos maior clareza/discernimento e de fomentar a aprendizagem complexa e o crescimento pessoal. 
No nosso mundo agitado lidamos muitas vezes com agendas sobrelotadas e fazemos malabarismo com várias questões. Certifique-se de que encontra tempo no fim de semana para se desligar dos afazeres, da agitação, e relaxar, apenas relaxar. Experimente escrever/manter uma espécie de diário, dar um passeio, apreciar a beleza de um pôr do sol ou concentrar-se no momento presente e estar ciente de todas as sensações que está a vivenciar.

7. Sair e fazer exercício
Quer seja passear pelo bairro ou ir correr num espaço verde, os empreendedores de alto desempenho saem no fim de semana para esticar as pernas e absorver um pouco de vitamina D. Há mais benefícios em fazer exercício no exterior do que treinar em ambientes fechados, embora o mais importante seja fazer exercício físico: depende de qual for a melhor solução para si.
Expormo-nos a luz natural pode ser um alívio bem-vindo por comparação com a iluminação artificial de escritório em que passamos a maior parte da semana. Estudos apontam que os adultos tendem a exercitar-se durante mais tempo quando estão no exterior; além de que tendemos a queimar mais calorias e a trabalhar músculos ligeiramente diferentes por causa da resistência ao vento e das mudanças no terreno. E, talvez mais importante, temos oportunidade de admirar a natureza e o mundo exterior, o que é bom para a nossa saúde mental e o bem-estar.

8. Socializar
Os empreendedores bem-sucedidos sabem que qualquer evento ou reunião é uma oportunidade para conhecer outras pessoas e aprender algo novo com alguém que não conheciam. Reserve um tempo para socializar com amigos e familiares ou conhecer colegas de trabalho. Se estão todos ocupados nesse fim de semana, procure outras oportunidades para socializar e fazer algo divertido e interessante.
Vá a um evento da comunidade local. Pode ser uma ótima oportunidade para aprender mais sobre o sítio onde mora, de se relacionar e estabelecer ligações com outras pessoas. Pode também procurar fazer voluntariado numa instituição de caridade ou organização sem fins lucrativos que gostaria de apoiar, como um abrigo local para animais, um centro para idosos ou banco de alimentos. Se é adepto de desportos, pode juntar-se a uma equipa de futebol ou clube. Se preferir atividades menos extenuantes, pode juntar-se a um grupo de caminhadas, por exemplo.

9. Recuperar o resto
Teve uma semana agitada, sente-se extenuado e tem o sono para colocar em dia. Embora dormir até tarde não seja boa ideia, os empreendedores bem-sucedidos sabem quando precisam de recuperar o descanso necessário. Uma sesta de 10 a 20 minutos pode ser o mais adequado para o ajudar a sentir-se revigorado e alerta – uma sesta curta é mais eficaz que um café quando se trata de proporcionar uma injeção de energia.
De frisar que as sestas devem ser curtas: 30 minutos ou menos. Períodos mais longos tendem a deixar-nos mais “grogues” e podem interferir na qualidade do sono noturno. Assim, se a vaga de sonolência pós-almoço assolar, é aproveitar e desfrutar de uma sesta a meio da tarde para aproveitar o resto do fim de semana. Bom descanso!

21-12-2018


Portal da Liderança