Pobreza digital – Indivíduos que utilizam a net no mundo (%)

Pobreza digital – Indivíduos que utilizam a net no mundo (%)

Pouco mais de 20% dos africanos têm acesso à internet, de acordo com dados da União Internacional de Telecomunicações

Elsie Kanza, responsável pela secção africana do Fórum Económico Mundial, questiona “como seria um ecossistema capaz de suportar uma África” com maior presença online? Adianta que a região precisa de preços mais acessíveis, conteúdo local, população tecnologicamente esclarecida e um ambiente empresarial encorajador.

A criação de tal ecossistema não deve ser uma tarefa intransponível, afirma Elsie Kanza. Afinal, a telefonia móvel – “talvez a primeira infraestrutura que atravessa toda a região” – já originou uma grande transformação num período de tempo relativamente curto. E volta a questionar “imagine o que África poderia alcançar se os mesmos níveis de entusiasmo fossem empregues no desenvolvimento de uma internet vibrante?”. E “se fossemos capazes de fazer o que outras regiões do mundo não conseguiram até agora e desenvolver um mercado digital único?”. Mas, lá está, iniciativas como esta só funcionam se houver um maior acesso à internet.

Legenda: 
CIS - Commonwealth of Independent States (Países da Commonwealth)
LDCs - Least Developed Countries (países menos desenvolvidos)

Fontes: União Internacional de Telecomunicações/Global Agenda/Fórum Económico Mundial

08-04-2016


Portal da Liderança