Os melhores cursos para as mulheres (ganharem mais)

Os melhores cursos para as mulheres (ganharem mais)

No Reino Unido, os ganhos médios brutos para as licenciadas (do sexo feminino) ficam bem abaixo dos dos licenciados (homens) que frequentam exatamente os mesmos cursos superiores, de acordo com uma análise realizada pelo britânico Institute for Fiscal Studies (IFS).

O grupo de reflexão do IFS descobriu que a London School of Economics (LSE) é a única universidade no Reino Unido em que mais de 10% dos diplomados do sexo feminino passaram a ganhar um salário anual acima de 100 mil libras (cerca de 127 mil euros) dez anos depois de se formarem. Mas, no mesmo período, mais de 10% dos diplomados do sexo masculino de três universidades – da própria LSE, de Oxford e de Cambridge – ganhavam mais.

O curso que permite que as mulheres ganhem mais (e os homens também) é o de medicina, talvez porque geralmente leva a um percurso específico, altamente qualificado e bem pago. Embora os 10 escalões de topo do sexo feminino que estudaram economia ganhem mais que as que frequentaram medicina, este último curso tem, ao longo do tempo, uma média salarial mais alta.

Fonte: Fórum Económico Mundial

20-04-2016


Portal da Liderança