Crude – ouro negro não perde o brilho

Crude – ouro negro não perde o brilho

O crude permanece a commodity mais negociada no mundo. E a sua produção é dominada pelos americanos.

Os EUA tornaram-se no maior produtor de petróleo do globo em 2015, pela primeira vez desde 1975. Aliás, a oferta da commodity nunca cresceu tanto como durante o ano passado, com um avanço de 2,1 milhões de barris por dia. Este aumento deve-se, sobretudo, ao incremento de 1,6 milhões de barris por dia na produção americana, que cresceu 15,9% no exercício transato. E relegou a Arábia Saudita e a Rússia para segundo e terceiro lugares, respetivamente.

É também a primeira vez que um país consegue aumentar a oferta em mais de 1 milhão de barris por dia por três anos consecutivos.

Fonte: Aspect

14-07-2016


Portal da Liderança