Europa dividida pela inovação

Europa dividida pela inovação

A Suécia é o país mais inovador no continente europeu, impulsionada pela gestão de recursos humanos e pela pesquisa académica de alta qualidade. A Dinamarca, a Finlândia, a Alemanha e a Holanda compõem o top 5 do 2016 Innovation Scoreboard da Comissão Europeia (a inovação é medida segundo um conjunto de critérios, como o número de produtos inventados, a percentagem de empregos em high-tech ou o número de licenciados disponíveis para os empregadores de tecnologia).


As áreas a verde-escuro na imagem realçam as regiões que lideram a inovação na Europa. Silicon Roundabout, por exemplo, a área que no Reino Unido acolhe gigantes da tecnologia como a americana Google, fica no centro de uma dessas regiões.

Como se pode ver neste mapa, há uma divisão clara entre as nações europeias que inovam e as que de momento se debatem para se modernizar. A Grécia e a Espanha, por exemplo, estão um pouco atrás neste âmbito, o que não ajuda a recuperação pós-crise económica. No leste, a Polónia e a República Checa estão entre os países europeus menos inovadores.

Fonte: Comissão Europeia

05-09-2016


Portal da Liderança