As 13 regras-chave de Colin Powell

As 13 regras-chave de Colin Powell

Colin Powell, militar, ex-Secretário de Estado americano e um elemento chave no governo de George W. Bush, refere algumas regras como básicas para o sucesso.

Os grandes líderes são quase sempre grandes simplificadores, que conseguem cortar no argumento, no debate e nas dúvidas, para oferecerem uma solução que todos consigam entender." -- Colin Powell

Eis as 13 regras do It Worked For Me: In Life and Leadership e porque Colin Powell as considera como tal:

  1. Não é tão mau como pensa. As coisas irão parecer melhores de manhã.
    “Esta regra reflete uma atitude e não uma previsão. Tento sempre manter a minha confiança e otimismo elevados, independentemente da dificuldade de cada situação. As coisas irão melhorar. Você irá tornar as coisas melhores.”
  2. Zangue-se, mas depois esqueça-se. “Trabalhei arduamente ao longo dos anos para assegurar que quando me zango me esqueça rapidamente disso e que nunca perco o controlo.”
  3. Evite ter o seu ego próximo da sua posição, para que este não caía ao mesmo tempo que a sua posição.
    “Aceite que foi a sua posição e não o seu ego que teve falhas. A lealdade é discordar fortemente e executar fielmente.” 
  4. Pode ser feito! “Não se rodeie de céticos. Ao mesmo tempo, não ignore os céticos e os colegas com opiniões diferentes.”
  5. Tenha cuidado com o que escolhe.
    “Pode sofrer as consequências. Não apresse as coisas.”
  6. Não deixe que factos adversos sejam obstáculos às boas decisões.
    “A melhor liderança advém geralmente de uma questão de bons instintos. Normalmente, a análise dos factos conseguirá indicar-lhe a melhor escolha. O seu julgamento será, com frequência, necessário para escolher a melhor maneira para agir.”
  7. Não pode fazer escolhas pelas outras pessoas.
    “Também não deve deixar que as outras pessoas façam as suas. Dado que a responsabilidade final é sua, certifique-se de que a escolha é sua e que não está a responder às pressões e aos desejos dos outros.”
  8. Verifique as pequenas coisas.
    “O sucesso depende das pequenas coisas, de muitas pequenas coisas. Os líderes têm conhecimento das pequenas coisas, as coisas que estão a acontecer nas profundidades da empresa, onde se encontram muitas pequenas coisas. Os líderes devem encontrar formas, formais e informais, para ter uma visão global.”
  9. Partilhe o crédito.
    “As pessoas precisam de reconhecimento e de se sentirem valorizadas, como se isso fosse comida ou água. Partilhe o crédito, aceite as responsabilidades e descubra como corrigir o que está errado. Sempre que diz que as ações não foram suas, mas sim dos outros, está a arranjar uma desculpa e não uma razão.”
  10. Mantenha-se calmo. Seja gentil.
    “No “calor do momento”, a gentileza, tal como a calma, tranquiliza os colaboradores e estes continuam a confiar neles próprios. A gentiliza liga-o aos outros seres humanos, através de uma ligação de respeito mútuo. Se se preocupar com os seus colaboradores e se for gentil para com eles, estes irão reconhecer isso e preocupar-se também consigo.”
  11. Tenha uma visão.
    “Seja exigente. O propósito é o destino da visão. Este dá-lhe energia, dá-lhe força e é o que a motiva. Essa visão deverá ser positiva, poderosa, e servir os melhores interesses da organização.”
  12. Não aceite conselhos dos seus medos ou opositores.
    “O medo é uma emoção humana natural. Sozinha não mata. Podemos aprender a estar conscientes de quando somos atacados por ele e podemos aprender a funcionar através dele. Por outro lado, se não compreendermos que o medo é normal e que tem que ser controlado e ultrapassado, este irá paralisar-nos. Não iremos pensar com clareza ou analisar as coisas racionalmente. Devemos preparar-nos para isso e controlá-lo. Nunca podemos deixar que ele nos controle. Se o medo nos controlar, não conseguiremos liderar.”
  13. O otimismo perpétuo é uma força multiplicadora.
    “Otimismo perpétuo, acreditar em si, acreditar que será bem-sucedido e mostrar paixão e confiança é uma força multiplicadora. Se acreditar e tiver preparado os seus colaboradores, estes também irão acreditar.”


Saiba mais sobre Colin Powell