Dê o pontapé de saída com estas 5 lições de liderança de Sir Alex Ferguson

Dê o pontapé de saída com estas 5 lições de liderança de Sir Alex Ferguson

O treinador histórico do Manchester United acaba de lançar um livro, intitulado “Leading”, onde revela mais pormenores sobre o período em que esteve aos comandos do clube inglês de futebol. E de onde extraímos cinco dicas de liderança – diretamente do balneário para a sala de executivos.

O ex-treinador que liderou a equipa do Manchester United por mais de duas décadas tem um novo livro, “Leading”, co escrito com o bilionário e ex-diretor do Google, Sir Michael Moritz, e que já está à venda em Inglaterra. Sir Alex Ferguson, hoje diretor no United e professor na Harvard Business School, conquistou quatro Taças da Liga Inglesa, cinco Taças de Inglaterra, 13 títulos da Premier League e duas Liga dos Campeões. Ao todo, venceu 38 troféus em 26 anos no Manchester United, período durante o qual ajudou a supervisionar a evolução do clube para se tornar numa das marcas desportivas mais conhecidas e num negócio rentável. Pelo que se pode dizer que sabe uma coisa ou duas sobre liderança.

Desde que se reformou que Ferguson ocupa uma “posição de ensino a longo prazo” na Harvard Business School, onde partilha a experiência adquirida. E mais recentemente colocou no papel algumas dessas lições, o que originou o livro “Leading”. E é onde constam as seguintes cinco dicas para líderes de empresas:

1. Permaneça calmo nas negociações
Sir Ferguson afirma que “é difícil mantermo-nos lúcidos durante as negociações e não nos deixarmos levar pela paixão ou emoção da conquista. É tão fácil ficarmos sobrecarregados... Se a disciplina desliza durante uma negociação, pode ter todos os tipos de ramificações. Não só faz o preço da transação subir como tem um efeito dominó. No futebol, tal como em qualquer outro negócio, isso significa que as pessoas passam a esperar que nós paguemos sempre mais”.

2. Procure inovar
Alex Ferguson refere que “quando as pessoas vinham ter comigo e sugeriam que era essencial que adaptássemos uma técnica nova, eu mostrava-me por norma cético... No entanto, quando fazia sentido e proporcionava ao United uma maneira de melhorar, eu ficava ansioso para experimentar”.

3. Abrace culturas diferentes
Ferguson considera “que se faz muito caso das dificuldades de integração dos jogadores estrangeiros. Eu acabei por acolher o que eles trouxeram para o clube, e o multiculturalismo enriqueceu tudo”.

4. Elimine o risco
O ex-treinador diz que não se surpreenderia “se alguns observadores pensarem que muito do sucesso do United se deveu à nossa predisposição para assumir riscos desnecessários... Nunca pensei no assunto dessa forma porque parte do trabalho de um líder é eliminar todos os riscos possíveis”.

5. Seja consistente nas decisões
Para Ferguson, “enquanto líder, não pode correr de um lado do navio para o outro. As pessoas precisam de sentir que o líder tem uma confiança inabalável. Se não conseguir mostrar isso, vai perder a equipa de forma muito rápida”.

01-10-2015

Fonte: City A.M.