Se soubesse o que sei hoje… 6 executivas de topo partilham conselhos de carreira

Se soubesse o que sei hoje… 6 executivas de topo partilham conselhos de carreira

Seis executivas de sucesso responderam a uma questão da “Forbes” – qual a única coisa que gostaria de ter sabido quando começou a trabalhar? O resultado é um mini guia com dicas valiosas. 

  
Moira Forbes

E se tivesse a oportunidade de perguntar aos líderes de sucesso que identificassem a lição mais importante que aprenderam sobre determinado assunto? E se esses líderes estivessem dispostos a aprofundar as suas experiências e a partilhar ideias-chave de uma maneira honesta e relevante? Foi o que fez a “Forbes”. Perguntou a seis executivas de topo e bem-sucedidas “qual é a única coisa que gostaria de ter sabido quando começou a sua carreira?”. O resultado? – Um guia prático para quem procura estratégias de liderança com sucesso comprovado, de vários setores e gerações.

Saber que não sabe
“Cercar-se de pessoas que são mais espertas que o próprio. Nunca devemos ser a pessoa mais inteligente na sala de reuniões. Preocupe-se se for.”
Jessica Alba, atriz, fundadora e chief creative officer da The Honest Company, empresa de produtos de beleza e higiene eco-friendly

Ter inclinação para a ação
“Teria dado mais importância ao que a minha mãe me disse: “tens de ter queda para a ação”. Os treinadores de hóquei e os de basquete estão constantemente a dizer que “vais falhar 100% das tentativas que nunca fizeres”. A minha mãe encorajava-me a experimentar aquilo que eu não tinha a certeza se conseguiria fazer. Ao longo da minha vida fui capaz de experimentar coisas, muitas das quais funcionaram e que eu pensava que não iriam resultar. Sejam corajosos. O preço de não agir é muito maior que o custo de cometer um erro.”
Meg Whitman, CEO da Hewlett Packard Enterprise

Liderar tem tudo a ver com adaptabilidade
“Darwin disse que aqueles que sobrevivem não são os mais fortes nem os mais inteligentes mas os que conseguem adaptar-se à mudança. Devia ter pensado nisso quando era mais nova, porque sempre me pareceu que tinha de ser a mais inteligente ou a mais forte. Adaptarmo-nos à mudança tem muito que se lhe diga. Não significa abandonarmos os nossos valores, significa antes reconhecermos que o ambiente mudou e assimilar essa realidade.”
Anne Finucane, vice-presidente e chefe de estratégia global no Bank of America

Estar recetivo à oportunidade
“Estarmos prontos. Apenas estarmos preparados. Nós simplesmente não sabemos que oportunidade pode estar ao virar da esquina. Pode até nem ser o caminho que estávamos a pensar. Mas há outras pessoas a verem possibilidades nesse caminho. Nunca tive intenção de concorrer ao Congresso dos EUA. Nunca tive intenção de concorrer à liderança. Foram as pessoas que vieram ter comigo e me encorajaram a avançar. E eu fiquei pronta.”
Nancy Pelosi, líder dos democratas no Congresso e a primeira mulher a liderar a Câmara dos Representantes dos EUA

Permanecer fiel a si mesmo
“Eu diria: sempre, mas sempre, sê fiel a ti mesmo. Todos nascemos com o que temos. Pegue no que tem e faça o melhor que puder com isso. Saiba quem é... Sinta o seu caminho pela vida. E não pense em demasia no seu percurso pela vida – penso que somos todos culpados disso.”
Angela Ahrendts, vice-presidente sénior de retalho e lojas online da Apple

Tudo vai ficar bem
“Gostaria de dizer a mim mesma para relaxar, que tudo acaba por correr da forma que deveria correr. Se olhar para trás e para aquilo com que costumava stressar-me: “Não me convidou para sair; ele não me ligou; não consegui aquele emprego; perdi aquele trabalho...” muitas vezes, no final, quando uma porta se fecha outra se abre. Tudo (apesar de não acreditarmos na altura) corre da forma que é suposto correr – o bom e o mau.”  
Gayle King, editora da “O, The Oprah Magazine”; coapresentadora do programa de televisão CBS This Morning.

16-10-2015

Fonte: Forbes.com


MoiraForbes
Moira Forbes
, formada pela Universidade de Princeton, representa quatro gerações de editores. Moira juntou-se à Forbes em 2001, no escritório em Londres. É editora da ForbesWoman, plataforma multimédia direcionada para as mulheres em cargos de liderança.