Abílio Diniz, sobre performance empresarial

Abílio Diniz, sobre performance empresarial

Abílio Diniz, PCA do grupo Pão de Açúcar, em entrevista com Maristela Mafei, refere que apenas uma empresa de pessoas consegue ser hoje uma empresa de alta performance.

Para Abílio Diniz, uma empresa resume-se a pessoas e processos, sendo que esta apenas conseguirá dar resposta aos seus stakeholders se for uma empresa comprometida com as pessoas e a trabalhar para pessoas, incluindo ela mesma. 

"Uma empresa de alta performance tem uma alma e um coração que vibra com entusiasmo."

 


Abilio DinizAbílio dos Santos Diniz, empresário brasileiro, sócio da Companhia Brasileira de Distribuição, que inclui as cadeias alimentares brasileiras Pão de Açúcar e Extra, a Assaí no Cash & Carry e a Ponto Frio (Globex) nos eletrodomésticos. Tornou-se também sócio maioritário das Casas Bahia através da Globex. Em dezembro de 1989, foi sequestrado pelo Movimiento de Izquierda Revolucionaria, tendo passado seis dias em cativeiro em São Paulo. Diniz é um desportista convicto: pratica corrida, natação, musculação e squash e, desde 1994, participa na Maratona de Nova Iorque.  Foi considerado pela Revista Época um dos 100 brasileiros mais influentes do ano de 2009.  No ranking 2011 da revista Forbes, Diniz figura com uma fortuna de 3,6 biliões de dólares, colocado como o 304º entre os homens mais ricos do mundo.