Marissa Mayer: “Você… devia estar a sorrir. É a próxima CEO da Yahoo.”

Marissa Mayer: “Você… devia estar a sorrir. É a próxima CEO da Yahoo.”

marissa mayerMarissa Mayer contou nas suas próprias palavras à Lean In como se tornou Presidente & CEO do Yahoo!. Na altura estava grávida de cinco meses. Esta diz-nos que os “novos começos – profissionais, pessoais ou seja do que for – são sempre desconfortáveis mas estar-lhes recetivo é a única forma de crescermos. No final somos todos capazes de muito mais do que pensávamos.”    

Marissa Mayer refere que recebeu “aquela” chamada no dia 18 de junho e que do outro lado ouviu “Estou à procura de um CEO. É uma empresa da Fortune 500. É na área do consumo pela Internet. É em Silicon Valley – nem teria de se mudar. É o emprego certo para si. A administração está a mencioná-la. Está interessada? É o Yahoo!.”

Já não era a primeira vez que recebia uma chamada destas mas nunca nenhuma lhe tinha despertado o interesse. 


Estava satisfeita com o papel que tinha no crescimento da Google e adorava todos os desafios que tinha em mãos. Mas desta vez era o Yahoo! e isso desafiou tudo.


Sobre a sua ligação anterior ao Yahoo! refere que já antes de ter este nome era utilizadora dos seus serviços, entendendo que esta “ definiu a Internet. Eles ajudaram o Google a começar. Sim, tiveram os seus altos e baixo, mas o potencial era enorme. “

Achou tudo isto estranho, vendo um imenso alinhamento entre aquilo que é a sua experiência e carreira e o que é disponibilizado pelo Yahoo!, como a pesquisa, o email, a homepage, s notícias, finanças, mapas, social, móvel, entre outros.

Meyer refere que quando recebeu aquela chamada tinha dúvidas quanto a conseguir fazer funcionar o Yahoo!, até porque na altura “estava grávida e estava encantada com isso. O meu filho por nascer já tinha a personalidade mais encantadora possível – com centenas de saltos e pontapés durante o dia a fazer-me rir alto.”

Marissa Meyer trabalhava no Google há 13 anos e tinha tudo preparado para gozar uma licença de maternidade de 6 meses, o que seria impossível caso aceitasse o cargo de líder do Yahoo, nunca poderia ausentar-se por tanto tempo face ao volume de responsabilidades que teria de assumir e a todo o trabalho a fazer. Segundo esta, “não seria justo para a empresa, para os colaboradores, para a administração ou para os acionistas que em vez de estar a participar no processo estivesse fora durante um longo período de tempo.”

marissa--mayerHoje, há cerca de oito meses no Yahoo!, diz que está a adorar, referindo-se especificamente às pessoas, que considera fantásticas, e às ideias que por lá povoam e que classifica como formidáveis.

Sobre esta dualidade de começos, nova empresa, novo cargo e novo bebé, diz que “é um trabalho duro mas adoro trabalhar arduamente. Ao mesmo tempo, estar a começar uma família com o meu marido tem sido tudo o que esperava que fosse e ainda mais – alegria, intensidade e desafio.”


Tomei consciência de que ser mãe torna-me uma melhor executiva porque ser mãe obriga-me a ter prioridades. Ser mãe dá-lhe uma clareza diferente do que é importante.


Se não é fácil conciliar estas duas realidades, refere “ao longo dos últimos cinco meses o meu reconhecimento por todos os pais cresceu, especialmente por aqueles com compromissos profissionais porque sei que todos têm o mesmo grau de dedicação e compromisso.

Muitos se questionam sobre esta decisão de nomear uma líder em plena gravidez. Meyer responde e refere como o tornou possível “olhando para trás e para a questão de se realmente poderia tomar a liderança do Yahoo! quando estava grávida de 28 semanas, ainda hoje me soa uma completa loucura. Pensei se e como poderia fazer com que funcionasse: aprender mais sobre as funções a desempenhar, ouvir palavras de encorajamento dos amigos e familiares próximo e criar um plano. (…) Se aceitei o desafio era evidente que teria de arranjar uma maneira de ter tempo para o meu bebé sem gozar uma prolongada licença de maternidade. Também sabia que avançando não sobraria grande tempo para além do trabalho e da família.”

Como consegue ser feliz entre duas realidades tão exigentes que lhe consomem todo o tempo do dia? Meyer diz-nos que “ultimamente decidi que vivia bem com isso porque a minha família e o meu emprego são o que realmente é importante para mim. “

Foi no dia 11 de julho recebeu a outra importante chamada que lhe disse “você… devia estar a sorrir. É a próxima CEO do Yahoo!.”

Meyer deixou ainda um conselho, de quem os “novos começos – profissionais, pessoais ou seja do que for – são sempre desconfortáveis mas estar-lhes recetivo é a única forma de crescermos. No final somos todos capazes de muito mais do que pensávamos.”


Fonte: Lean In

Marissa Ann Mayer (30 de maio de 1975) é Presidente e CEO da Yahoo!. Anteriormente foi executiva e porta-voz da Google durante 13 anos. É a mais jovem CEO da lista das 500 empresas da Fortune e encontra-se no 14º lugar do ranking das mulheres americanas mais influentes na área dos negócios segundo a Fortune.

[Leia aqui mais entrevistas]                                                                   [Topo]