Cibercrime dispara

Cibercrime dispara
1 minuto de leitura


À medida que aumenta a digitalização crescem também as probabilidades de as pessoas serem afetadas pelo crime online.

Quase nove em cada 10 ataques a aplicações da net utilizam dados roubados, e 18% dos itens comuns à venda na dark web são passwords, e-mails e dados de contas, de acordo com a empresa de gestão de palavras-passe NordPass. No total, desde 2016 foram roubadas 24 mil milhões de credenciais online (como nomes de utilizador e passwords). São cerca de três para cada pessoa no planeta.

Tal significa que o custo do cibercrime está a aumentar e estima-se que tenha ultrapassado os 11 mil milhões de dólares em 2023.

Fontes: Fórum Económico Mundial/Statista/NordPass

18-01-2024


Portal da Liderança